Grau de investimento

Como o nome sugere, os títulos de grau de investimento são seguros e têm riscos mínimos. Por outro lado, os investimentos de alto risco são considerados junk bonds. Se você está procurando títulos de alto rendimento, pode estar se perguntando se deve comprá-los ou não. Os investimentos mais arriscados são aqueles com grau de investimento inferior. Mas há uma ressalva: eles têm um risco menor de inadimplência.

Como funciona o grau de investimento?

Em primeiro lugar, um título com grau de investimento funciona através de um instrumento de dívida vinculado a uma empresa confiável. Para que um título seja de grau de investimento, a empresa deve ter uma alta probabilidade de pagar seus pagamentos de juros e recuperar seu depósito inicial.

Caso contrário, é um investimento arriscado. A única maneira de evitar esse risco é investir em um título de grau de investimento. A tabela a seguir fornece uma visão geral dos títulos com grau de investimento.

Importância do grau de investimento

O grau de investimento de um título tem uma grande importância para os investidores. A importância de um título de grau de investimento não tem garantia de retorno. Seu fator de risco é baixo. Portanto, um título com classificação de grau de investimento não é um mau investimento.

Ainda é uma boa escolha para investidores conservadores que estão preocupados com os riscos de um título. Ao investir nele, você estará mais seguro. Não há nada com que se preocupar.

A desvantagem desse título de grau de investimento é o preço alto. Um preço mais alto pode torná-lo inútil e um investimento arriscado e, como tal, é melhor usar o dinheiro que já tem. Por exemplo, um título de grau de investimento custará mais dinheiro, por isso é importante garantir que você esteja recebendo o valor do seu dinheiro. Um título sem grau de investimento é uma opção mais arriscada.

Como é classificado o grau de investimento?

Os títulos com grau de investimento geralmente são classificados como Baa3/BBB- ou melhor, enquanto os títulos de alto rendimento têm classificações abaixo desses padrões. Embora esses títulos possam ter altos rendimentos, eles são mais arriscados do que as ações. Eles não experimentam a mesma volatilidade.

E, ao contrário das ações, o valor dos títulos com grau de investimento tende a permanecer constante ao longo do tempo. Se a empresa entrar em default, os detentores de títulos serão pagos antes dos acionistas em caso de falência.

Bradesco
Escolha agora seu cartão
Solicitar agora
*Sujeito à análise
Programa de pontos
Ofertas exclusivas
Cashback

Em outras palavras, um título, nota ou letra de renda fixa tem uma classificação se for grau de investimento. Geralmente, isso significa um baixo risco de inadimplência e, quanto maior o rating, melhor é a dívida. Além disso, os títulos de grau de investimento têm boas classificações de crédito, portanto, são considerados investimentos seguros.

Uma agência de classificação de crédito atribui uma classificação de grau de investimento a um título com base nas características financeiras fundamentais do emissor. Um título de grau de investimento é seguro e é capaz de fornecer aos investidores um fluxo de renda fixa.

No entanto, esta classificação não garante o pagamento atempado. A saúde financeira da empresa e a capacidade de pagar suas obrigações tornam o rótulo de grau de investimento valioso.

Termos relacionados

Bonificação em Ações

Os planos de bônus em ações são frequentemente usados ​​para substituir as contribuições de participação nos lucros e são vistos como benefícios aos funcionários. Eles

Ler mais

LAIR

LAIR significa Lucro antes do Imposto de Renda. Essa linha determina o resultado do ano anterior à aplicação dos impostos pelo governo. O cálculo retorna

Ler mais

IGP-DI

O IGP-DI (Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna) é um indicador macroeconômico. Representa a progressão dos preços. Funciona como um deflator de valor nominal

Ler mais
João Santos

João Santos

Produtor de conteúdo especialista em finanças e investimentos, com uma bagagem de 10 anos atuando em PMEs.

Newsletter